O propósito da sua vida!

Olá, tudo bem com você?

Hoje eu venho falar sobre nosso Propósito de Vida, seus conceitos e o que isso significa numa perspectiva mais simples de entender.

Estamos sendo bombardeados com informações sobre despertar da consciência espiritual, evolução para a 5º dimensão, "data limite" e tantas outras formas e conceitos sobre desenvolvimento espiritual que é difícil discernir o que de tudo isso é bom para você. Entendo que é muito positivo que finalmente temas sobre espiritualidade estejam em alta e até mesmo sendo abordados pela grande mídia, uma grande vitória, mas é necessário um pouco de informação e entendimento para que essa popularização não cause confusão.


Através dessa popularização, busca-se cada vez mais pelo propósito de vida mais elevado, inclusive nas sessões de ThetaHealingpodemos visualizar e manifestar o propósito de vida, despertando seu verdadeiro potencial, porém há muita confusão já que cada cultura ou religião tem o seu caminho próprio para encontrar ou conhecer o propósito de vida de cada um. Nesse momento é que peço sua atenção, pois algumas coisas que vou contar, podem te liberar de amarras, mesmo que pareça muito diferente do que todo mundo te contou até hoje.

É importante saber que propósito de vida é sempre exclusivamente pessoal. Não existe um propósito de vida que seja coletivo, em hipótese alguma. Seu objetivo maior sempre será o seu desenvolvimento como indivíduo que se une ao todo e entende porque está experimentando sua individualidade.

Mesmo que muitas culturas divulguem que fazer o bem é para um propósito maior, acabam criando a ilusão de que um está dentro do outro, mas esses dois conceitos apesar de complementares, não se sobrepõem. Podemos dedicar parte do nosso propósito de vida ao coletivo como consequência ou porque ele abranja mais pessoas, como por exemplo quem tem o propósito de vida de ser um curador, ou trabalhar com pessoas de uma forma geral, mas apesar do resultado ser cuidar de pessoas, deve haver o discernimento de que nosso propósito de vida é para nossa evolução e desenvolvimento, por isso o foco deve ser em você. Em criar um você verdadeiramente você.

O nosso propósito de vida estará sempre alinhado com a criação de um verdadeiro Eu (Self). Na realidade é a lembrança ou reconexão com nosso Self, pois somos expressões do nosso verdadeiro Eu divino e completamente unificado com o Criador de tudo que há no universo, experimentando ou experienciando a nossa realidade. Nossa passagem aqui na Terra é a oportunidade de uma experiência criativa, podemos experimentar tudo sem julgamentos de valor e sem limites, para aumentar a nossa visão e vivência ampliando nosso Eu, em toda sua grandeza, através do livre arbítrio.
Estamos aqui para viver, experimentar e criar quem queremos ser, sem julgamentos, polaridades, certo ou errado, nada disso, podemos experimentar o que é bom e o que é ruim, para que saibamos o que é o que, na prática e não somente pela visão e experiência dos outros. Por exemplo: sabe aquele dia que seu amigo te ofereceu um quitute super gostoso para ele, que quando comeu você não gostou? Se ficasse com a experiência dele, acreditaria que é bom e pronto, mas ao experimentar você teve a verdadeira experiência do seu Eu e não gostou. E está tudo bem. Cada um tem sua própria verdade.

Aqui mora a liberdade para muitos problemas de muitas pessoas e onde o ThetaHealing tem um trabalho essencial: mudança de crenças. Acreditamos que vamos ser punidos pelos nossos erros, que somos pecadores, que somos humanos imperfeitos, que estamos aqui para sofrer, etc, etc. Acreditamos inclusive que se experimentarmos de tudo, sofreremos as consequências da justiça dos homens (julgamento de valor). Ficamos presos em um turbilhão de pensamentos lógicos e sentimentais sobre certo e errado, analisando muito e fazendo pouco por não entender o que realmente está por trás do que acreditamos. 
Nossas crenças vem do que aprendemos durante a vida e elas formam a nossa realidade criativa. Um bom exemplo disso é falar sobre nossas crenças em relação ao dinheiro. Raramente alguém acredita que é fácil ganhar dinheiro, pois ouve desde criança que dinheiro é sujo, que temos que trabalhar muito e que tempo é dinheiro. Se não temos tempo, não gostamos de coisas sujas e temos que trabalhar mais do que podemos para ganhar dinheiro, nossa abundância não se desenvolve. Tudo que fazemos é penoso e dolorido, como pode ser fácil ganhar dinheiro assim? E se você parar para refletir agora: realmente não gosto do que faço, ou só “não gosto” para não contrariar a onda de reclamações que me incluem ao meu grupo de colegas de trabalho?

Ao começar uma breve reflexão podemos encontrar as crenças que nos prendem e engessam nosso verdadeiro objetivo de vida de ser descoberto. 
Meu objetivo é ser feliz, todo mundo ao meu redor diz que para ser feliz preciso ter um bom emprego, uma casa, uma familia e um carro. Essa é a fórmula da felicidade de uma pessoa bem sucedida, não é? Se possível, tudo isso antes dos 30. Fórmulas mágicas como essa destroem objetivos de vida de muita gente que não quer realmente se casar e constituir família, ou que não se enxerga num trabalho de escritório numa grande empresa, mas que se submetem a isso para satisfazer essa crença incutida e trabalhada por pais, escola e televisão desde a infância.

Quer encontrar seu verdadeiro propósito de vida? Procure discernir o que é que você como indivíduo quer, o que você gosta intimamente e não porque te disseram que é legal ou que você precisar ter ou fazer para ser feliz. Busque refletir sobre o seu trabalho e de que forma seria prazeroso trabalhar. Encontre a verdadeira resposta dentro de você sobre o que deseja ou busca em um relacionamento.
Nosso propósito fala com a gente a todo momento, recebemos essas mensagens e nossa mente nos ensina a ignorar aquela voz que diz que prefere escrever um livro a trabalhar como técnico de informática, mas pode ser essa voz que te proporcionará plena felicidade e realização seguidas de abundância.

Para ter certeza sobre tudo isso, não precisa fazer esse caminho sozinho, busque ajuda de um terapeuta e encontre de forma segura seu propósito de vida e no meio do caminho liberte seu verdadeiro potencialmente criativo e viva mais feliz!

Eu sou Allan Lucena
Gratitude Quântica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário